Personal

Why I’m not posting as much (& why that’s important for me)

Quem me lê desse lado certamente já reparou que o blog anda parado de Novembro para cá. Não há como negar. Foram imensas as perguntas por email, imensos os comentários acerca da ausência de vídeos no Youtube e imensas as chamadas telefónicas da minha mãe a perguntar se estava tudo bem, visto que não postava nada há muito tempo. Se por um lado este espaço é meu, por outro o mesmo não teria sentido existir sem vocês que me lêem desse lado – e portanto escrevo-vos hoje, não em jeito de explicação, mas como escreveria a um grupo de amigas a contar as novidades.

E a verdade é que, sim, está tudo bem comigo. O meu tempo em Itália tem sido de um incrível crescimento pessoal – pelas experiências, pelas viagens, pelas pessoas… Pelo tempo e oportunidade de me descobrir a mim mesma. Pelo desligar de uma rotina de vida que era a mesma há anos e anos. Passei a viver mais no momento. E isto inevitavelmente levou a que me desligasse do digital.

Sim, não nego que o Miss Tangerine ficou um pouco descurado nesta minha aventura italiana – em parte por dificuldades técnicas (como falta de condições para gravar – daí ter feito uma pausa no Youtube! – ou não ter quem me fotografe) e em parte por razões pessoais – mas não o encaro obrigatoriamente como algo mau. Porque sempre disse que o meu blog é algo que faz parte de mim, da minha identidade… Não teria sentido de outro modo. E apenas aconteceu que a minha identidade se desviou um pouco do online para o offline, das teclas para as gargalhadas no café, da câmara para os olhos.

Se vou deixar o blog de vez? Nem pensar! Mas neste momento há outros aspectos da minha vida que merecem a minha atenção. Portanto se não faço tantos posts como de costume, desculpem-me. Não vou sair totalmente do digital, mas por agora preciso de viver também o offline. Numa geração agarrada aos smartphones, sei que todos desse lado se identificarão com a sensação… Eu bem sei o quão viciada eu era, quantas vezes por dia ia ao Instagram, quantas horas passava no facebook a fazer nada. E portanto fica a sugestão – experimentem cortar um pouco… No próximo jantar de amigos deixem os telefones nos bolsos e não em cima da mesa! Prometo que saberá às mil maravilhas!

Portanto para quem me escreveu com dúvidas, sim, eu continuo por aqui… A ritmo mais lento, talvez – mas o ritmo aqui em Itália é tão mais pachorrento que poderá ter sido apenas a influência italiana em mim! 😉

You Might Also Like

10 Comments

  • Reply
    Bárbara Marques
    20 Abril, 2016 at 15:36

    Enjoy 🙂

  • Reply
    Beatriz
    20 Abril, 2016 at 22:55

    Saudades das tuas palavras. Ainda bem que está tudo bem 🙂 aproveita!

  • Reply
    Cláudia Gomes
    20 Abril, 2016 at 22:59

    Identifico-me tanto com a situação! Dou por mim imensas vezes com mil e uma coisas para fazer (estudar principalmente) e no entanto sempre com o telemóvel ativo … Também sou estudante de medicina e tenho um blog e nem sempre é fácil conciliar tudo! Vou aproveitar a dica e tentar abstrair-me mais deste vício para ganhar um tempo para extra! Beijinhos ☺️

  • Reply
    Joana Sousa
    20 Abril, 2016 at 23:47

    O online é porreiro, mas não há nada melhor do que o offline! Aproveita tudo o que a vida tem para te dar, e depois contas por cá o que interessa 🙂

    Jiji

  • Reply
    Ana Isabel Costa
    21 Abril, 2016 at 9:28

    É sempre tão agradável ler as tuas palavras. Aproveita muito essa fase da tua vida e esses momentos off. Por vezes também sinto falta disso, mas a minha rotina está muito vincada e eu acomodada. No meu caso o blog é uma tentativa de sair da minha rotina e fazer por um pouco aquilo que mais gosto. Beijinhos

    http://despertarosonho.blogspot.com/

  • Reply
    Manual da Moda
    21 Abril, 2016 at 10:39

    Nós por cá identificámo-nos a pleno e não podíamos compreender mais. Colheitas de 70 e 80… Está tudo dito! Preferimos, mil vezes, aproveitar a vida real! Sair. Tocar. Cheirar. Sentir. Viver! Sempre Offline. Enjoy! 🙂

    http://www.manual-da-moda.blogs.sapo.pt

  • Reply
    The Lifestyle and Fashion
    21 Abril, 2016 at 14:54

    Devemos aproveitar tudo ao máximo porque o tempo não volta atrás☺

    http://thelifestyleandfashion.blogspot.pt

  • Reply
    Cidchen
    24 Abril, 2016 at 21:13

    Sei o que isso é. E sabe mesmo bem viver o “offline”. Desfruta muito!

  • Reply
    Filipa Figueira
    24 Abril, 2016 at 21:43

    Olá! =)
    Aproveita o offline porque é aí que a vida acontece =)

    “Life, happens you’re making plans
    Flying highing shaking hands.”

    Filipa

  • Reply
    Naturally Andy
    24 Abril, 2016 at 22:42

    Identifico-me 100% com a situação 🙂 De vez em quando, normalmente quando vou de férias a Portugal ver a familia, desligo-me quase totalmente do mundo digital e sabe tão bem. Além disso, noto sempre que depois quando retorno, faço tudo com um novo gosto e energia e o blog cresce sempre bastante nessas alturas 😀 Diverte-te ao máximo e aproveita bem Itália, beijinho.

  • Leave a Reply