Travel

A PARIS GUIDE

 
My guide to Paris is here… With tons of tips and places not to be missed!
Trago-vos o meu guia da cidade de Paris… Com imensas dicas e sítios a não perder!
Antes de ir…
Depois de comprar o bilhete de avião somos sempre assaltados com dúvidas…
E o hotel? A mala? Como organizar a viagem? Espero que esta secção vos ajude nestes campos!
O que levar na mala?
Paris é uma cidade com uma meteorologia muito instável, tanto nos meses frios como nos quentes… Daí que o meu conselho seja levarem um pouco de tudo, em concordância com a altura do ano em que vão!
No meu caso, a minha mala foi apropriada a uma viajem em Fevereiro… Apostei no sobretudo camel que já vos mostrei neste conjunto e numa parka para a chuva como casacos de rua. Complementei com várias malhas e alguns pares de calças e voilá! Conseguem fazer bastantes conjuntos desta maneira, sem ter que levar muita roupa.
No que diz respeito aos sapatos e carteira, apliquei as minhas máximas de viagem – sapatos rasos e uma mochila. Quanto ao calçado, é indispensável levarem uns confortáveis… Sou apologista desta máxima para todas as viagens, mas em Paris é particularmente importante já que vão andar muito! Já a mochila, sempre a preferi em vez de uma carteira normal uma vez que se consegue levar muito mais coisas e distribuir o peso pelas costas.
Onde ficar?
Têm três principais opções de alojamento… Podem optar pelo tradicional hotel, mas eu sinceramente nunca lhes recorro quando viajo por minha conta. Não acho que o preço justifique o meu estilo de vida em viagem, prefiro gastar o dinheiro noutras coisas! Assim, se quiserem poupar um pouco neste campo podem fazer como eu e ficarem alojados num hostel ou num apartamento.
Bons sites para procurar? Para hostels o Booking, para apartamentos o Airbnb. Já marquei estadias por ambos e nunca tive qualquer problema… O melhor truque é lerem os comentários de hóspedes anteriores e escolherem a partir daí! Outro bom truque é espreitarem as casas de banho – eu nunca confio se não há fotografias da casa de banho, não pode ser bom sinal!
Outra dica? Escolham um local central. É verdade que provavelmente vai ser um pouco mais caro, mas é preferível pagar mais um pouco e ficar no centro do que depois estar no meio do nada e perder imenso tempo em transportes! O apartamento onde fiquei estava situado a cinco minutos do Louvre, mesmo no centro do bairro histórico… E não me arrependo nada!
Como funcionam os transportes?
Antes de mais, não posso deixar de referir que o melhor transporte em Paris são os nossos pés.  Acredito que as cidades se conhecem é a pé, em especial Paris onde todas as ruas são lindíssimas e têm mil pormenores a descobrir – que se perdem totalmente quando andamos de transporte!
Caso a distância seja grande demais para fazer a pé, a cidade tem uma rede de transportes muito extensa. Preferi andar de metro, como prefiro sempre já é mais fácil do que autocarros e evita o trânsito. O metro de Paris tem estações a cada esquina, existem imensos pontos de cruzamento entre as linhas e chega a todo o lado. Uma boa dica é comprarem logo os conjuntos de dez bilhetes – fica mais barato, e pode ser usado por mais que uma pessoa (eu usei cinco e o meu namorado os outros cinco, por exemplo).
Quanto às ligações com locais fora do centro, como são o caso dos aeroportos, Versailles ou a Disneyland, terão que apanhar os RER, que são comboios urbanos à semelhança das nossas linhas de Cascais ou de Sintra. Existem em muitas estações conjuntas com o metro, o que é bom para fazer as ligações. Quanto ao preço dos bilhetes, naturalmente que são mais caros mas também não achei nada de incomportável…
  • Para os aeroportos Orly e Charles de Gaulle devem apanhar o RER B, que custa cerca de 15€ e demora cerca de 45 minutos.
  • Para Versailles devem apanhar o RER C, que custa cerca de 8€ ida-e-volta e demora cerca de 30 minutos.
  • Para a Disneyland devem apanhar o RER A, que custa cerca de 15€ ida-e-volta e demora cerca de 1 hora.
Uma coisa a ter em atenção é que estas linhas de comboio de bifurcam (para perceber o que quero dizer ver a rede aqui), pelo que nem todos os comboios numa dada direcção param nas mesmas estações… Têm que estar atentas aos placards que existem nas linhas para ter a certeza que é o comboio certo! De resto, se tiverem dúvidas perguntei nos balcões de informação para turistas que há nas grandes estações – os senhores foram sempre impecáveis comigo e nunca senti dificuldades!
Como comprar bilhetes?
Paris teve uma surpresa esplendida para mim… Menores de 25 anos residentes na UE não pagam entrada em todos os museus e monumentos nacionais. O que quer dizer que em sítios como Versailles ou o Louvre não só tive acesso gratuito, como ainda pude passar a fila dos bilhetes uma vez que basta mostrar o documento de identificação à entrada.
Para quem não tem esta sorte, espreite o Paris Museum Pass… Quando andei a pesquisar pareceu-me ter óptima condições!
Última, mas muito importante dica: marquem online! Tudo o que puderem! No meu caso, comprei o bilhete para a Disneyland e o bilhete da Torre Eiffel por esta via e soube mesmo bem poder passar a fila quando lá cheguei!
Como tirar o máximo partido de Paris?
A maior dica que posso dar para aproveitarem a vossa estadia em Paris são… Insiram-se na cultura! Tentem deixar o inglês de parte e tentei falar francês… Digam bonjour e bonsoir… Deixem-se perder pelas ruas, tanto de dia como de noite (Paris tem um encanto especial à noite!) e tenho a certeza que vão adorar!
Por lá… Monumentos e museus
Paris é uma cidade de cultura e está cheia de monumentos e museus espectaculares…
Aqui fica uma pequena lista dos meus preferidos, com textos acerca de cada um – a não perder!
Nota: ter em atenção que a maioria dos museus em França fecham à segunda-feira.
1) Museu do Louvre
Para mim, não há qualquer desculpa válida para ir a Paris e não visitar o Louvre. A não ser que o tempo seja muito escasso (mais que um dia já não conta!) ou pura e simplesmente não se interessem por arte e história, este museu deve sempre fazer parte do roteiro!
É possível evitar a fila para a entrada ao chegar cedo ao local – o museu abre às 09.00, nós chegámos passados poucos minutos e entrámos calmamente sem grandes esperas. Uma dica que podem aproveitar: nalguns dias da semana o Louvre está aberto até mais tarde e dizem que nestes horários a fila para entrar é mais curta! Espreitem no site oficial o horário – cuidado que este museu fecha à Terça!
Ao visitar, não se deixem desencaminhar pelas suas dimensões gigantescas! Escolham algumas obras que querem ver, tracem um roteiro para as cobrir e deixem o resto de parte… É mesmo impossível ver tudo! A não perder: Gioconda ou Mona Lisa (esta tem que ser!), Vénus de Milo, Vitória de Samotrácia, Psique Reanimada pelo Beijo do Amor, os escravos de Miguel Ângelo, o Código de Hamurabi, A Liberdade Guiando o Povo e A Coroação de Napoleão.
Ver estas obras e ainda deambular um pouco por outras áreas do museu demorou três horas da minha manhã… Vale bem a pena!
A entrada do museu
O grupo de chineses que está sempre em frente à Mona Lisa.
Juro que vi alguns deles a correr pelo museu, seguindo as setas, para lá chegar mais depressa!
Psique reanimada pelo beijo do amor, de Canova.
Os Escravos, de Miguel Ângelo e Vénus de Milo.
2) Torre Eiffel
O segundo clássico desta lista, outro que considero que não pode ficar de fora. A torre é de imponência extrema, tem uma envolvência linda e proporciona-nos uma vista fantástica de Paris!
Como já referi, vale a pena comprarem os bilhetes online para não terem que esperar em (tantas) filas… Eu comprei bilhete para o terceiro piso – acho que o devem fazer, por mais uns euros sobe-se tudo até acima e a sensação é mesmo diferente da que temos no segundo piso!
Quanto à hora, eu fui uma hora antes do pôr-do-sol, o que me permitiu subir até ao último piso e daí ver Paris tanto de dia como já no crepúsculo. Quando desci, já estava mesmo de noite e portanto ainda vi a vista nocturna da cidade. Esta hora em ainda outra grande vantagem: descem mesmo a tempo do espectáculo de luzes que ocorre de hora a hora, a partir das oito na noite!
Atenção que devem contar com 30 minutos/ 1 hora para subir e descer, especialmente se apanharem filas como eu apanhei para descer… Não achem que vai ser rápido porque provavelmente não vai!
Jardim perto da Torre Eiffel.
Vista do terceiro andar.
Descida já de noite.

Espectáculo de luzes…Adoro o efeito que de a fotografia!
3) As pontes de Paris
Seguindo a dica de andarem o máximo a pé possível, atravessem o máximo de pontes possíveis! Não há nenhuma que não seja linda, cada uma tem a sua história e o seu encanto especial… A minha preferida foi a Ponte Alexandre III.
Podem ainda deixar, em algumas delas, um cadeado! Acho esta tradição muito engraçada!
Ponte com cadeados
Ponte Alexandre III.
Pormenor da Ponte Alexandre III.
4) Notre Dame
A catedral é um sítio perfeito para visitar… A fazer sempre lembrar o corcunda e a Esmeralda (foram estes filmes Disney que marcaram a minha infância), tem uma atmosfera muito especial que adorei conhecer.
A entrada é gratuita, mas para subir às torres existe um preço.
Fachada de Notre Dame.
Lustres da catedral.
Os vitrais são fabulosos.
As traseiras, vistas do rio.
5) Versailles
Um dos pontos altos desta minha ida a Paris foi o palácio de Versailles… Infelizmente nunca tinha tido oportunidade de visitar, mas foi desta que colmatei a falha! Mais uma vez, a entrada foi gratuita por ter menos de 25 anos mas podem consultar os preços no site oficial.
Ao entrar, começamos a visita com uma exposição sobre a história do palácio… Passei os olhos, mas estava muita gente portanto segui para os apartamentos, que são o que realmente interessa ver. Salas e salas, quartos e quartos, cada um mais bonito que o anterior! Prestem especial atenção aos tectos e aos lustres.
Se estiverem cansados e só quiserem ver uma sala? O salão dos espelhos é qualquer coisa de extraordinário.
Reservem ainda pelo menos uma hora para visitar os jardins… De certeza que têm mais cor nas estações quentes, mas adorei o ambiente que a rigidez do Inverno criou nas alamedas de árvores! Aliás, tenho umas fotografias aqui tiradas a caminho aqui no blog.
Apartamentos reais.
Salão dos espelhos… Dos meus sítios favoritos!
Loja de recordações de Marie-Antoinette.
Portão do palácio.
Palácio visto dos jardins.
Os jardins de Versailes, vestidos de Inverno.
6) Disneyland Paris
Muitos de vocês tinham muitas dúvidas acerca da ida à EuroDisney, pelo que lhes vou tentar responder aqui! Ora vamos lá…
Antes de irem, não se esqueçam de comprar o bilhete online através do site oficial… Não só se poupam às filas imensas à entrada do parque, como ainda têm um desconto sobre o preço que lá pagariam. O bilhete para cada parque custa cerca de 60€, ou seja, caso queiram ir à Disneyland e ao Walt Disney Studios terão que comprar dois bilhetes.
Para chegar, apanhem o RER A, que custa cerca de 15€ ida-e-volta e em cerca de 1 hora chegam ao destino.

 

Uma vez lá dentro, a primeira coisa a fazer é arranjar um mapa do parque… É muito grande e é difícil distrairmo-nos daquilo que queremos fazer! Assinalem no mapa as diversões a que querem mesmo ir de modo a que possam organizar o vosso dia.
Outra coisa a não perder são as lojas da Rua Principal, à entrada ou à saída têm que lá passar! Os preços caríssimos do merchandising é totalmente compensado pela decoração pensada ao pormenor.
Uma vez dentro do parque, têm uma decisão a fazer: escolher a primeira atracção! Escolham uma das mais concorridas, porque provavelmente ainda não vai ter muita fila dado que abriu há pouco tempo… Nós fomos ao Space Mountain II, a montanha russa deste parque. Confesso que nem me apercebi muito bem daquilo em que me estava a meter, mas enfim – já posso dizer que já fiz um looping!
Depois da primeira, é só irem escolhendo de entre as imensas diversões aquelas a que querem ir! Algumas das que aconselho são a Big Thunder Mountain, a Casa Assombrada, o Buzz Lightyear, a Autopia, os Piratas das Caraíbas, o Labirinto da Alice e por fim, para relaxar, o It’s a Small World. É provável que para muitas destas existam filas, pelo que vos deixo uma dica: utilizem os Fast Pass, que são uns cartões de acesso às diversões mais cobiçadas com hora marcada! Ou seja, podem passar a fila e entrar à hora indicada no vosso cartão… Podem adquirido-los gratuitamente à entrada da diversão em causa.
Um último conselho… Não andem apenas a saltar de uma montanha russa para a outra, passeiem pelo parque a apreciem todos os maravilhosos pormenores e diversões mais pequenas e menos cobiçadas. Pode ser que tenham sorte e ainda de encontrem com algumas personagens Disney pelo caminho!
Em relação à comida, aconselho a levarem sandes ou uma marmita convosco (penso que seja permitido, pelo menos eu não tive problemas) pois os menus são todos caros – de 10€ para cima por fast food. Apesar de os restaurantes em si terem um ambiente engraçado, não acho que valham a pena – com excepção talvez de um restaurante dentro dos Piratas das Caraíbas, que é muito engraçado pois vê-se as pessoas nos barcos da diversão!

O que, ainda sendo caro, vale a pena comer são os doces e aperitivos vendidos um pouco por todo o lado… Os meus favoritos foram o algodão doce e as Pomme d’Amour.

Por volta das 17h ocorrer o desfile de carros e personagens Disney na Rua Principal… Não podem perder! Conta sempre com personagens novas, neste caso as meninas do Frozen, mas os clássicos como as princesas ou O Rei Leão também fazem sempre aparições!
É mesmo mágico, apetece ver outra e outra vez!

 

Depois do desfile ainda fomos a uma diversão que nos tinha faltado durante o dia… E depois aproveitámos para apreciar a beleza do castelo e da rua principal à noite, tudo iluminado e com ainda mais encanto. Como já tinha referido, esta é uma boa altura para darem uma volta pelos lojas e comprar as lembranças – afinal de contas, já não vão andar em mais montanhas russas!
O parque encerra às 20h com um espectáculo de luzes e água pelo castelo, mas nós não ficámos para assistir.
Última dica: quando estiverem a acabar de descer a rua, não deixem de olhar uma última vez para o castelo. Esta imagem fica gravada e até aquece o coração!
7) Museé d’Orsay
Muito mais pequeno que o Louvre, numa dimensão mais humana, gostei bastante deste museu. A arquitectura do local é muito interessante e podemos apreciar coisas verdadeiramente extraordinárias – aconselho vivamente a galeria dos Impressionistas no último piso e o salão nobre logo à entrada.
Outra coisa que não podem perder é a vista do relógio do museu, no último piso mesmo antes da entrada para a tal galeria dos Impressionistas. De lá conseguem ver o Sena e a margem do Louvre e Tuilleries de um modo muito diferente.
8) Sacré Coeur e Montmartre
Outra viagem que devem fazer! A igreja é muito bonita (não são permitidas fotografias no interior) e dos seus degraus têm-se uma das melhores vistas da cidade.
Cuidado com a escadaria em frente, pois vão ter muitas pessoas a tentar vender-vos pulseirinhas que não querem para nada!
8) Centro Pompidou
Não tinha grande curiosidade em visitar por dentro, por não ser especial fã de arte moderno, mas a zona pareceu-me muito gira para passar o final de tarde e dar um passeio… Aproveitem para espreitar os artistas de rua que por lá andam!
10) Outros…
A última sugestão, a nível cultural, é não se limitarem aos marcos típicos e pesquisarem um pouco… Há imensos museus em Paris com temas e exposições que vos podem interessar!
Visitem a Sainte Chapelle depois da ida a Notre Dame. Espreitem o Grand Palais e o Petit Palais para exposições temporárias. Ou os Invallides (Museu Militar e túmulo de Napoleão), que são bastante perto.
Que tal uma visita ao Museu das Orangeries depois do Louvre? Estão lá As Ninfas de Monet, que são das obras mais fantásticas que já tive o prazer de ver!
Por lá… Cultura na rua
Depois da descrição mais detalhada dos meus pontos turísticos preferidos,
aqui ficam sugestões de um outro tipo de cultura que não podem perder em Paris!
1) Um passeio de barco no Sena
Carote, turístico e ainda assim maravilhoso.
2) Um almoço tardio num café parisiense
Tudo o que comi e bebi era óptimo… Queijos foram a perdição.
Estranhamento, os hambúrgueres são absolutamente deliciosos! Mais gourmet que fast-food.
 Uma dica… Se não pedirem bebidas são servidos uma garrafa de água da torneira, gratuitamente!
3) Crepes até rebentar
Comi com vários conteúdos, os preferidos foram Nutella e manteiga.
Esta banca no final dos Champs Élysées era especialmente boa!
4) Percam-se pelos jardins.
O Jardim das Tuilleries perto do Louvre foi o meu preferido, mas há mais a descobrir!
5) Vistas sobre a cidade
As minhas preferidas foram da Torre Eiffel, de Montmartre e das Gallerias Lafayette…
E estas duas últimas são gratuitas! Obrigada à leitora que deu a dica!
6) Maratona de montras nos Champs Élysées
Só montras porque o orçamento não permite mais, talvez um dia!
Uma dica? Não tenham vergonha de entrar! Lojas como Elie Saab (sonho!), Louis Vuitton ou Guerlain
foram algumas das minhas preferidas e obviamente não comprei lá nada!
7) Comer um macaroon na Ladurée
É obrigatório!
Se quiserem trazer para alguém, comprei na loja do aeroporto para virem mais fresquinhos!
8) Uma tarde compras… À séria!
Os sítios que gostei mais foram as Galerias LaFayette… Têm a vantagem de ter uma vista fantástica e gratuita
do seu terraço! Espreitem a ópera no caminho que também vale a pena.
De resto, aproveitem as lojas que não temos cá como Forever 21, COS, ACNE ou American Apparel.

 

9) Espreitem os mercados de rua.
10) Apreciem os pores do Sol.
Das minhas coisas preferidas em qualquer cidade, e Paris brindou-me com alguns maravilhosos!

Espero que este guia vos seja útil,
não hesitem em colocar perguntas nos comentários!

You Might Also Like

42 Comments

  • Reply
    Sofia Pêga
    25 Fevereiro, 2014 at 20:09

    Muito útil!

  • Reply
    Ana Rita
    25 Fevereiro, 2014 at 20:12

    Em 2012 a minha viagem de finalistas foram 3 dias na Disneyland e 1 em Paris, obviamente que com um só dia não conseguimos fazer quase nada, mas deu para o tal passeio no Sena (que caro ou não, é maravilhoso, vale tanto a pena) e para principalmente ver as fachadas do Louvre, do Notre Dame e outros, não tinhamos tempo para entrar :/ É uma cidade que eu vejo-me ansiosa para lá voltar.
    Por outro lado num dia consegui ver a Disney de uma ponta à outra, parecia uma autêntica criança, fomos num dia de semana e provavelmente isso influenciou imenso as filas. Foste aos dois parques ou foste só a um??
    E se posso perguntar, quanto te ficou a viagem toda??

    • Reply
      Mariana Soares Branco
      26 Fevereiro, 2014 at 21:47

      Fui apenas a um, como só fomos um dia não tinha lógica estar a pagar os dois bilhetes!
      Um beijinho!

  • Reply
    Marisa Fonseca
    25 Fevereiro, 2014 at 20:20

    Meu Deus como Adoro Paris !! POR mim voltava e voltava…. OBRIGADA pelo guia que vai servir para a proxima vez 🙂 Fez-me reviver ♡

  • Reply
    Sara
    25 Fevereiro, 2014 at 20:20

    Olá Mariana. Gostei muito do teu guia e como vou a Paris em Março vai ser uma grande ajuda 🙂
    Vou seguir o teu conselho de comprar online o bilhete para subir a Torre Eiffel..podias indicar por favor em que site compraste o teu bilhete? Obrigada 🙂

  • Reply
    filipa
    25 Fevereiro, 2014 at 20:23

    Olá Mariana 🙂

    Há imenso tempo que quero ir a Paris e então agora depois de ter lido isto estou SUPER entusiasmada!
    Obrigada pelo guia, vai dar-me imenso jeito !
    Estou ansiosa por ver mais fotografias!

    Beijinhos, filipa

  • Reply
    Ines M
    25 Fevereiro, 2014 at 20:37

    Também estive em Versailles há 6 anos atrás. What a magic place. <3

  • Reply
    Joana Santos
    25 Fevereiro, 2014 at 20:46

    Uau adorei o guia!! Para além de bem explicito ainda juntaste fotos maravilhosas! 🙂
    Fui em 2009 com a escola e fiquei hospedada mesmo perto de Notre Dame, contudo as professoras não devem ter visto imagens dos quartos de banho ahah foi terrível, a sanita ficava no corredor para toda a gente e o duche era no quarto e só tinha um bocado de parede, ou seja, a pessoa que ficasse contigo no quarto via! ahah
    Tive muita pena de não ter visto "Psique reanimada pelo beijo do amor" porque trenga enganei-me e acabei por subir umas escadas rolantes directamente para a rua xD
    Adorava ter ido a Versailles, à Disneyland e adorava ainda ter visto a Torre Eiffel iluminada, deve ser incrível! E tal como tu não entrei no Pompidou e preferi fazer umas comprinhas ali pelos arredores! 😛
    Acho que aproveitaste super bem, as fotos estão muito boas e fico à espera que publiques mais sobre a tua viagem 😉

    xoxo

    • Reply
      Mariana Soares Branco
      26 Fevereiro, 2014 at 21:45

      Obrigada Joana!
      Ainda vou publicar mais umas fotografias de conjuntos em sítios fantásticos, fica atenta!

  • Reply
    Devaneios de Uma Loira
    25 Fevereiro, 2014 at 20:47

    adorei o guia 🙂 bjinhos

  • Reply
    Marina Reis
    25 Fevereiro, 2014 at 20:57

    Depois de ler isto fiquei com uma vontade enorme de visitar Paris! Já sei onde venho tirar algumas dicas quando lá for! Hehe

    http://www.lesfashionablesjours.blogspot.com

  • Reply
    Coreena
    25 Fevereiro, 2014 at 20:58

    Damn this is a great paris guide! I've been there but I unfortunately missed some great spots I would have love to go to.

    http://www.drownedinfashiondreams.blogspot.com/

  • Reply
    Sara Grilo
    25 Fevereiro, 2014 at 20:59

    Adoro este post é tao util!

    xo

    http://www.eternallywanderlust.blogspot.com

  • Reply
    Juliana Pereira
    25 Fevereiro, 2014 at 21:06

    Que guia tão delicioso!! Dá vontade de seguir todos os passos que deste.. Quantos dias foram?
    Tenho mesmo de ir a Paris!

  • Reply
    Juliana Pereira
    25 Fevereiro, 2014 at 21:07

    E já agora… que máquina usas nas tuas fotografias? 🙂

  • Reply
    a Mariana
    25 Fevereiro, 2014 at 21:11

    Que fotografias lindas.. Fui a Paris quando era pequerrucha. Quero muito ir outra vez 🙂 Principalmente à Disney. É lindo.
    Beijinho

  • Reply
    Flor
    25 Fevereiro, 2014 at 21:19

    Paris nunca foi assim um destino que me cativasse particularmente. Mas juro que me deixaste com uma vontade de lá ir que nem sei explicar. Parece ser mesmo magnifico! Só uma perguntinha: por onde é que rondam os preços do avião e do passeio de barco no sena?

    http://www.chasingrubiesbyflor.blogspot.pt/

    • Reply
      Mariana Soares Branco
      26 Fevereiro, 2014 at 21:44

      Obrigada!
      O avião depende muito da altura e dos dias em que vais, há desde 100€ ida-e-volta até preços muito mais caros.. Quanto ao passeio de barco, são 15€ por um bilhete de dia (podes entrar e sair dos barcos).

  • Reply
    Chris
    25 Fevereiro, 2014 at 21:25

    Tenho sorte de poder voltar a Paris de vez em quando pois os pais do meu namorado estão lá. Gostei do post e de todos os pormenores 🙂

  • Reply
    Eliana Borges
    25 Fevereiro, 2014 at 21:33

    Adorei este guia de Paris, dá uma vontade enorme de lá ir!
    Acho que focaste todos os pontos essenciais!

    http://around-eliana.blogspot.pt/

  • Reply
    Lyn
    25 Fevereiro, 2014 at 22:25

    Great guide!
    Love it that you did this post 🙂
    xo Lyn
    http://www.blondebutterflies.blogspot.com

  • Reply
    MarinaMarry
    25 Fevereiro, 2014 at 22:29

    Hi dear,
    I just saw your blog and it is amazing! Im following you 🙂
    Keep up with great work!
    http://marinamarry.blogspot.com/

  • Reply
    Petina Carvalho
    25 Fevereiro, 2014 at 22:35

    amei e foi super útil só por curiosidade quanto ficou mais ou menos tudo os dias que ficaste ? adorava ir com o meu namorado mas não sei quanto ficaria já com viajem.

    • Reply
      Mariana Soares Branco
      26 Fevereiro, 2014 at 21:42

      Acho que com 500€ consegues fazer bem uma semana. Depende muito do tipo de vida que fizerem lá e de quanto tempo antes marcarem, faz uma diferença grande!

  • Reply
    Joana Pereira
    25 Fevereiro, 2014 at 22:46

    Paris é especial para mim pois foi a primeira cidade que visitei fora de Portugal. Foi já há uns valentes anos, e na verdade fui à Disneyland e passei um dia em Paris. Ao ver a tua última foto da Disneyland fez-me lembrar os cheiros e o ambiente de lá! Obrigada!
    Estou a pensar em visitar Paris novamente, mas desta vez mais dias e já com olhos diferentes (na altura tinha 10 anos!), vou ter em mente este teu pequeno guia.

    xx

    beatofthetrend.blogspot.com

  • Reply
    Filipa Lemos
    25 Fevereiro, 2014 at 22:46

    Fizeste uma descrição espectacular e as tuas dicas são fundamentais, obrigada! Já guardei o teu post 🙂

  • Reply
    Andreia Ferreira
    25 Fevereiro, 2014 at 22:53

    Todo o teu blog é fantástico mas este foi sem dúvida um dos posts mais espetaculares de sempre Mariana, parabéns! Por momentos voltei a Paris e a todos aqueles sítios lindíssimos de paragem obrigatória *.* Quero muito ir lá de novo!
    Beijinhos *

    http://www.sweetseptember-a.blogspot.com

  • Reply
    Muny B
    25 Fevereiro, 2014 at 23:48

    Super util, adorei este guide! Great post Mariana!

    Muny’sFashionFanatique | FASHION & STYLE BLOG

  • Reply
    Pronta e Vestida
    26 Fevereiro, 2014 at 10:55

    Que post maravilhoso. Adoro Paris, é talvez a minha cidade preferida e vou lá sempre que posso.
    Obrigada pela partilha, deixou-me cheia de saudades.

    http://www.prontaevestida.com

  • Reply
    Moça Marafada
    26 Fevereiro, 2014 at 13:08

    Post fantástico. Só me suscitou mais curiosidade para visitar Paris! Obrigada pela partilha.

  • Reply
    Carolina
    26 Fevereiro, 2014 at 18:04

    adorei as tuas fotografias de versailles! já fui a paris há alguns anos e por acaso o centre pompidou ficou-me bastante marcado na memória.. eu gostei 🙂

    blog – the camera geek

  • Reply
    Raquel
    26 Fevereiro, 2014 at 20:15

    A dica para entrar no Louvre, é entrar para o Caroussel du Louvre (é um centro comercial) pelo 9 rue de Rivoli, onde têm acesso à pirâmide de vidro invertida.. Aí há outra entrada para o Museu que quase ninguém conhece e assim evita-se a fila de espera que quase sempre vemos cá fora 😉

  • Reply
    Daniela P.
    26 Fevereiro, 2014 at 21:29

    Muito agradecida! Vou voltar a Paris em Abril depois de ter ido lá com 10 anos… agora com 19 já consigo aproveitar isto tudo 🙂

  • Reply
    Inês Silva
    26 Fevereiro, 2014 at 23:51

    Tenho uma viagem marcada para Paris no Verão e este guia vai-me ajudar imenso!! Obrigada mariana 🙂

    https://fbcdn-sphotos-e-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/t1/12481_673599036015600_1097308808_n.jpg

  • Reply
    Inês Silva
    26 Fevereiro, 2014 at 23:55

    Vou a paris este verão e este guia vai-me dar imenso jeito. Obrigada Mariana 🙂

    followingdetails.blogspot.pt

    ps: desculpa mas mandei o link errado, podes publicar este?

  • Reply
    Beatriz Teodoro
    27 Fevereiro, 2014 at 11:24

    Uau o post está fantástico e super completo embora ainda não tenha lido todo. Quando for a Paris venho aqui outra vez ver as tuas dicas 😉

    http://limiteditionblog.blogspot.pt/

  • Reply
    Crislogistica Gomes
    5 Março, 2014 at 9:28

    Adorei as dicas! amo Paris… será que me podes dar o nome dos apartamentos 😉
    tá super bem retratado no teu post 🙂

  • Reply
    Crislogistica Gomes
    5 Março, 2014 at 9:29

    Adorei as dicas … tao top! será que me podes indicar o nome dos apartamentos ou a zona mais especifica 😉

  • Leave a Reply